Reportagens

Fique por dentro


Bibliotecas

Projeto de lei prevê instalação de bibliotecas nas escolas

Foi aprovada por unanimidade pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados a proposta da ex-deputada federal Esther Grossi (PT-RS) para que toda escola pública ou privada tenha, obrigatoriamente, uma biblioteca. O projeto, que já havia sido anteriormente aprovado pela Comissão de Educação e Cultura, determina que cada biblioteca tenha pelo menos quatro livros por aluno matriculado.

Apresentado há seis anos, o projeto se alinha com as diretrizes traçadas pelo Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) para o melhor aproveitamento dos espaços educacionais, a exemplo do que ocorre em outros países. Nos EUA, por exemplo, a proposta da Associação Americana de Bibliotecas é de 10 livros por aluno em cada biblioteca.

O secretário executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, José Castilho Marques Neto, coordenador da pesquisa "Retratos da Leitura no Brasil" em 2009 pondera que apenas propiciar, mesmo que por força de lei, a instalação de bibliotecas em cada escola brasileira, não é suficiente. Ele acrescenta que o desafio é criar uma ampla rede nacional de amparo às bibliotecas públicas.

Internet

Museus brasileiros abrem suas portas virtuais

O projeto ERA Virtual - Museus permite a visitação de doze museus brasileiros de quatro estados diferentes pela internet, no site: www.eravirtual.org. O projeto, lançado em março de 2010, abrangeu cinco museus na sua primeira exposição: o Museu de Artes e Ofícios, em Belo Horizonte/MG, o Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul/SC, Casa de Cora Coralina, em Goiás Velho/GO, o Museu Victor Meirelles, em Florianópolis /SC e o Museu do Oratório, em Ouro Preto/MG. A proposta da iniciativa é reproduzir as exposições dos museus tal qual elas foram montadas.

O ERA Virtual foi desenvolvido a partir do modo de olhar de um visitante real. A visita começa no lado externo do museu. No canto superior da tela o internauta encontra um mapa para se localizar. Assim que ele entra, setas indicam os trajetos que ele pode percorrer. É possível ter uma visão de 360 graus de qualquer ponto do museu. Todas as obras do acervo exposto podem ser ampliadas a partir de um clique, possibilitando ao navegador observar todos os detalhes e, em muitos casos, girar o objeto para vê- -lo de todos os ângulos. Durante a visita há textos explicativos sobre cada setor e cada obra da exposição. Além disso, todo o percurso pode ser acompanhado por um guia virtual que transmite ao internauta informações sobre o lugar e seu acervo.

O objetivo do ERA Virtual é ampliar o alcance sociocultural dos museus que fazem parte do projeto, visto que 92% da população brasileira nunca visitaram galerias de arte ou museus, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O projeto teve custo de 720 mil reais e foi financiado por intermédio das Leis Federal e Estadual de Incentivo a Cultura e por empresas privadas.

Educação Integral

Programa Mais Educação oferece atividades artísticas

Alunos de escolas públicas de educação integral que participam do programa Mais Educação podem realizar atividades como hip-hop, banda fanfarra e cineclube. Para que alunos pratiquem essas experiências, centenas de escolas solicitam ao MEC instrumentos musicais e equipamentos. A remessa inclui conjuntos de instrumentos musicais e equipamentos de hip-hop, de produção de vídeos, projeção de filmes e para o rádio escolar.

Em levantamento preliminar, a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad) mostra que, em 2009, 1.380 escolas solicitaram a banda fanfarra, 1.350, o rádio escolar e 520, o hip-hop. Para Jaqueline Moll, diretora de educação integral, direitos humanos e cidadania da Secad, o conjunto de atividades realizado pelas escolas e os instrumentos musicais e equipamentos que elas recebem do MEC ajudam a desenvolver uma relação de identidade da escola com os estudantes e suas famílias.

O programa Mais Educação começou em 2008 em escolas públicas do ensino fundamental localizadas nas capitais e grandes cidades das regiões metropolitanas. Naquele ano, o programa foi desenvolvido em 54 municípios de 25 estados e no Distrito Federal, atendeu 1.380 escolas e 386 mil alunos. O investimento do governo federal foi de R$ 55 milhões. Em 2009, o Mais Educação chegou a 130 municípios das 27 unidades da Federação, envolveu 5.005 escolas e 1,1 milhão de estudantes, inclusive do ensino médio. O investimento foi de R$ 166 milhões. A projeção para 2010 é atender 407 municípios de todas as unidades da Federação, chegar a 10 mil escolas e a 1,5 milhão de alunos. O recurso previsto é de R$ 360 milhões.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | Próxima >>
 
 
Conhecimento Prático Geografia :: Reportagens :: Edição 53 - 2014
Gravidez na adolescência
Conhecimento Prático Geografia :: Reportagens :: Edição 53 - 2014
Pacto pela mobilidade urbana
Conhecimento Prático Geografia :: Reportagens :: Edição 53 - 2014
Negros no Brasil

Conhecimento Prático Filosofia :: Reportagens :: Edição 23 - 2010
Mito da Caverna:


Conhecimento Prático Literatura :: Reportagens :: Edição 37 - 2011
A importância da literatura na sala de aula


Conhecimento Prático Geografia :: 06/03/12
Xenofobia na europa: Os padrões atuais de migração internacional


Conhecimento Prático Língua Portuguesa :: Ensino :: Edição 36 - 2012
Relação entre família e a escola e seus impactos na educação



Edição 43

Saiba antes de todos as novidades da revista




Capa
Reportagens
Etimologia
Gramática Tradicional
Ensino
Estante
Retratos

Assine
Anuncie
Expediente
Fale Conosco
Mande sua sugestão
Favoritos


Faça já a sua assinatura!
Conhecimento Prático Filosofia

Assine por 2 anos
12x de R$ 9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Prático Geografia

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Língua Portuguesa

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Prático Literatura

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS