Reportagens

Fique por dentro


Bibliotecas

Projeto de lei prevê instalação de bibliotecas nas escolas

Foi aprovada por unanimidade pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados a proposta da ex-deputada federal Esther Grossi (PT-RS) para que toda escola pública ou privada tenha, obrigatoriamente, uma biblioteca. O projeto, que já havia sido anteriormente aprovado pela Comissão de Educação e Cultura, determina que cada biblioteca tenha pelo menos quatro livros por aluno matriculado.

Apresentado há seis anos, o projeto se alinha com as diretrizes traçadas pelo Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) para o melhor aproveitamento dos espaços educacionais, a exemplo do que ocorre em outros países. Nos EUA, por exemplo, a proposta da Associação Americana de Bibliotecas é de 10 livros por aluno em cada biblioteca.

O secretário executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, José Castilho Marques Neto, coordenador da pesquisa "Retratos da Leitura no Brasil" em 2009 pondera que apenas propiciar, mesmo que por força de lei, a instalação de bibliotecas em cada escola brasileira, não é suficiente. Ele acrescenta que o desafio é criar uma ampla rede nacional de amparo às bibliotecas públicas.

Internet

Museus brasileiros abrem suas portas virtuais

O projeto ERA Virtual - Museus permite a visitação de doze museus brasileiros de quatro estados diferentes pela internet, no site: www.eravirtual.org. O projeto, lançado em março de 2010, abrangeu cinco museus na sua primeira exposição: o Museu de Artes e Ofícios, em Belo Horizonte/MG, o Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul/SC, Casa de Cora Coralina, em Goiás Velho/GO, o Museu Victor Meirelles, em Florianópolis /SC e o Museu do Oratório, em Ouro Preto/MG. A proposta da iniciativa é reproduzir as exposições dos museus tal qual elas foram montadas.

O ERA Virtual foi desenvolvido a partir do modo de olhar de um visitante real. A visita começa no lado externo do museu. No canto superior da tela o internauta encontra um mapa para se localizar. Assim que ele entra, setas indicam os trajetos que ele pode percorrer. É possível ter uma visão de 360 graus de qualquer ponto do museu. Todas as obras do acervo exposto podem ser ampliadas a partir de um clique, possibilitando ao navegador observar todos os detalhes e, em muitos casos, girar o objeto para vê- -lo de todos os ângulos. Durante a visita há textos explicativos sobre cada setor e cada obra da exposição. Além disso, todo o percurso pode ser acompanhado por um guia virtual que transmite ao internauta informações sobre o lugar e seu acervo.

O objetivo do ERA Virtual é ampliar o alcance sociocultural dos museus que fazem parte do projeto, visto que 92% da população brasileira nunca visitaram galerias de arte ou museus, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O projeto teve custo de 720 mil reais e foi financiado por intermédio das Leis Federal e Estadual de Incentivo a Cultura e por empresas privadas.

Educação Integral

Programa Mais Educação oferece atividades artísticas

Alunos de escolas públicas de educação integral que participam do programa Mais Educação podem realizar atividades como hip-hop, banda fanfarra e cineclube. Para que alunos pratiquem essas experiências, centenas de escolas solicitam ao MEC instrumentos musicais e equipamentos. A remessa inclui conjuntos de instrumentos musicais e equipamentos de hip-hop, de produção de vídeos, projeção de filmes e para o rádio escolar.

Em levantamento preliminar, a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad) mostra que, em 2009, 1.380 escolas solicitaram a banda fanfarra, 1.350, o rádio escolar e 520, o hip-hop. Para Jaqueline Moll, diretora de educação integral, direitos humanos e cidadania da Secad, o conjunto de atividades realizado pelas escolas e os instrumentos musicais e equipamentos que elas recebem do MEC ajudam a desenvolver uma relação de identidade da escola com os estudantes e suas famílias.

O programa Mais Educação começou em 2008 em escolas públicas do ensino fundamental localizadas nas capitais e grandes cidades das regiões metropolitanas. Naquele ano, o programa foi desenvolvido em 54 municípios de 25 estados e no Distrito Federal, atendeu 1.380 escolas e 386 mil alunos. O investimento do governo federal foi de R$ 55 milhões. Em 2009, o Mais Educação chegou a 130 municípios das 27 unidades da Federação, envolveu 5.005 escolas e 1,1 milhão de estudantes, inclusive do ensino médio. O investimento foi de R$ 166 milhões. A projeção para 2010 é atender 407 municípios de todas as unidades da Federação, chegar a 10 mil escolas e a 1,5 milhão de alunos. O recurso previsto é de R$ 360 milhões.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | Próxima >>
 
 
Conhecimento Prático Geografia :: Reportagens :: Edição 56 - 2014
Comportamento de consumo
Conhecimento Prático Geografia :: Reportagens :: Edição 56 - 2014
A mídia e o cidadão
Conhecimento Prático Geografia :: Reportagens :: Edição 56 - 2014
Horizontes do Mercosul

Conhecimento Prático Filosofia :: Reportagens :: Edição 23 - 2010
Mito da Caverna:


Conhecimento Prático Filosofia :: Reportagens :: Edição 23 - 2010
O animal Político


Conhecimento Prático Filosofia :: Capa :: Edição 42 - 2013
Trabalho como conceito filosófico


Conhecimento Prático Filosofia :: Capa :: Edição 28 - 2011
Hannah Arendt, pensadora da política e da liberdade



Edição 47

Saiba antes de todos as novidades da revista




Capa
Reportagens
Etimologia
Gramática Tradicional
Ensino
Estante
Retratos

Assine
Anuncie
Expediente
Fale Conosco
Mande sua sugestão
Favoritos


Faça já a sua assinatura!
Conhecimento Prático Filosofia

Assine por 2 anos
12x de R$ 9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Prático Geografia

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Língua Portuguesa

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Prático Literatura

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS