Ética na escola

Veja como a ética tem um papel fundamental na formação da criança na vida escolar

Texto Sérgio Simka e Maria Aparecida Silva Simka | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock

 

Em um momento no qual percebemos uma mudança de valores em que o ser humano está mais preocupado em ter do que ser, fazem-se necessárias discussões básicas, como a ética em nossas vidas, para, pelo menos, tentarmos conquistar uma humanização mais sólida em nossas convivências diárias. Pensando nesse aspecto e percebendo o professor como um agente no papel de transformação necessária do ser humano no sentido intelectual, pessoal e profissional, efetuamos alguns levantamentos sobre o posicionamento deles em relação ao assunto. Esse procedimento ocorreu durante encontros que possibilitaram a discussão e também por meio de relatos daqueles que vivenciam o problema diariamente durante o exercício de seu mister

Importante ressaltar que a maioria considera o ambiente escolar como um espaço democrático e ao mesmo tempo um empreendimento ético, no mesmo sentido atribuído por Trindade, uma vez que os professores somos formadores de opiniões e temos de servir de exemplo para as crianças, jovens e adultos com quem compartilhamos o conhecimento.Outro pensamento comum é o de que, além do exemplo, temos de desenvolver permanentemente uma postura crítico-reflexiva, pois, como educadores, temos a incumbência de fazer nosso aluno refletir a respeito de todos os atos que eventualmente pratica, inclusive a importância de adquirir conhecimento para mudar a realidade não só dele, mas, sobretudo, da sociedade em que vive. As divergências começam a surgir quando somos submetidos a algumas situações, ocorridas nesse mesmo espaço, que afetam diretamente as relações entre os sujeitos envolvidos.

 

 

Revista Conhecimento Prático Língua Portuguesa | Ed. 55

etica-na-escola